Política

Bolsonaro volta criticar postura de governadores e dispara: ‘o que o Nordeste sempre precisou foi disso, chuva de honestidade’; veja vídeo

11 de agosto de 2019

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar a postura dos governadores da chamada ‘resistência nordestina’, uma espécie de extensão do malfadado ‘Lula livre’, e disse neste domingo (11) que o Nordeste “sempre precisou” de uma “chuva de honestidade”. Ele fazia referência à famosa canção de mesmo nome, de autoria de Flávio Fernando, que fala sobre a realidade do Nordeste.

Bolsonaro conversava com admiradores e com repórteres cinematográficos que o aguardavam na saída do Palácio da Alvorada. Em uma ocasião, ele pegou o microfone da TV Globo e, questionando se aquilo iria ao ar, fez um pedido à emissora:

“Eu queria que a Globo botasse no ar 1 vídeo com uma canção lá do Nordeste que se chama ‘Chuva de honestidade’. A Globo e as demais emissoras de televisão, porque eu acho que é uma canção mais velha que eu, (de) 1954, e que o Nordeste sempre precisou foi disso, chuva de honestidade. E o Brasil agradece”, afirmou.

O presidente chegou a comemorar que não havia nenhum “urubu” o esperando, em referência aos jornalistas. “Não tem nenhum urubu aí, urubu que eu chamo são os repórteres”, disse.

Ele chegou até a pular a cerca que o separava das câmeras para tirar foto com os profissionais presentes. Tudo foi transmitido em uma live no Facebook do presidente.

Assista ao momento (4min39seg):