Brasil

Sem corrupção dos governos petistas, lucro das estatais do Brasil é o maior da história no 2º trimestre

03 de setembro de 2019

As três maiores empresas estatais na Bolsa de Valores registraram juntas seu maior lucro trimestral da história entre abril e junho. As informações estão presentes em dados da consultoria Economatica.

De acordo com o levantamento, considerando valores corrigidos pelo IPCA, Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras tiveram um lucro de R$ 28,6 bilhões.

O maior lucro anterior havia sido no terceiro trimestre de 2008, quando as estatais registraram lucro de R$ 14,83 bilhões nominalmente, ou R$ 27,02 bilhões quando ajustado pela inflação, segundo o site InfoMoney.

Entre as perdas considerando todas as empresas da Bolsa, com valores ajustados pela inflação, a Vale teve no primeiro semestre o sexto maior prejuízo da série histórica da Economatica.

Com valores nominais

Se analisarmos os resultados nominalmente (sem ajuste pela inflação) temos empresas de quatro setores (Petróleo, Bancos, Energia e Mineração).

A Petrobras aparece em nove oportunidades, ItauUnibanco em quatro, Vale em três, Eletrobras em duas e Bradesco e Banco do Brasil uma vez.

Com valores históricos ajustados pelo IPCA até junho de 2019, o prejuízo da Vale no ano de 2019 é o sexto maior.

O maior prejuízo ajustado pela inflação para um primeiro semestre é o do Banco do Brasil que no ano de 1996 registrou nominalmente R$ 7,78 bilhões, que ajustados pela inflação até junho de 2019 representariam R$ 30,6 bilhões de prejuízo.

Os setores de bancos e energia têm quatro prejuízos entre os 20 maiores, mineração três, três setores com dois registros e outros três com um registro de prejuízo.