Política

Secretário do governo utiliza blog para mandar recado: “Não pode botar no bolso dinheiro de verba publicitária e atirar pedras no seu pagador depois de usufrui-lo”

01 de maio de 2019

Em meio ao ‘day after’  da quarta fase da Operação Calvário, que cumpriu 18 mandados de busca e apreensão contra Gilberto Carneiro e Waldson Souza, ex-Procurador Geral e Secretário de Planejamento, respectivamente, e prendeu  a servidora Maria Laura Caldas de Almeida Carneiro, assessora da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que foi coordenadora financeira das campanhas de Cida Ramos à Prefeitura de João Pessoa, em 2016, e do atual governador João Azevedo, no ano passado, segundo informações da Justiça Eleitoral, chamou muito atenção um misto de carão com alerta do secretário Adjunto da Comunicação, Sebastião Lucena, em um blog seu na internet.

Embora não seja possível saber com exatidão a quem o auxiliar do governador João Azevêdo se dirigiu, pelo tom e conteúdo, percebe-se que a mensagem seria para alguém da área de comunicação.

Na publicação, Sebastião Lucena diz:

– Acho que o homem tem que ser homem. Não pode ter duas personalidades. Não pode morder e soprar ao mesmo tempo. Ou morde, ou sopra. Não pode, por exemplo, botar no bolso dinheiro de verba publicitária e atirar pedras no seu pagador depois de usufrui-lo. O recado está dado e voltarei ao assunto contando detalhes assim que achar conveniente.

Também chama muito atenção a imagem que serve para ilustrar a publicação. Confira:

A postagem pode ser lida, na íntegra, aqui.

Afinal, a quem se destinaria a mensagem ‘cifrada’ de Sebastião?