Brasil

Morre ator João Carlos Barroso, de “Roque Santeiro” e “Estúpido Cupido”, aos 69 anos

13 de agosto de 2019

O ator carioca João Carlos Barroso morreu aos 69 anos, na última segunda-feira (12). Ele sofria de câncer havia algum tempo. A morte de Barroso foi anunciada por amigos nas redes sociais.

“É com imensa tristeza que recebo esta notícia. Nosso grande amigo. João Carlos Barroso – Barrosinho, colega de profissão e de grandes lutas. Parceiro de futebol dos artistas inúmeras vezes, nos deixou. Que Deus o receba em seu reino de luz. Meus sentimentos à família”, publicou o ator Mario Cesar Nogueira em sua página no Facebook.

Galã da TV nos anos 1960 e 1970, João foi descoberto por produtores quando jogava futebol na rua. Estreou no cinema em 1961 em Pedro e Paulo, acompanhado por nomes como Francisco Cuoco, Jece Valadão e Jardel Filho. No ano seguinte, ele estreou no teatro.  Na TV Globo, Barros estreou na série Rua da Matriz, a primeira produção dramatúrgica da emissora, em 1965.

Em seu currículo, Barroso interpretou personagens memoráveis como Tavico, em Estúpido Cupido (1976), e Toninho Jiló, em Roque Santeiro (1985).  Ao longo de sua trajetória na TV, trabalhou em novelas e atrações da Globo, como Os Ossos do Barão, Pecado Capital, Locomotivas, O Pulo do Gato, Pecado Rasgado, Uga Uga, Tropicaliente e Marron Glacê. Também trabalharia em programas humorísticos como Os Trapalhões e Zorra Total.  Sua última participação em novela foi em Sol Nascente (2016), no qual interpretou o delegado Mesquita.

Marie Claire