Política

Vereadora diz que governo é de ‘Ricardo’ e desafia João Azevêdo: “Demita, porque não vamos sair do que é nosso”

01 de outubro de 2019

A vereadora Sandra Marrocos, nova líder do PSB na Câmara Municipal de João Pessoa, não mediu as palavras nesta terça-feira (01) ao dizer em alto e bom som que os aliados do ex-governador Ricardo Coutinho não entregarão os cargos que ocupam na administração de João Azevêdo, porque, segundo ela, o governo seria de Ricardo por conta do seu apoio no pleito de 2018. “Não vamos sair do que é nosso. Nós ajudamos a construir esse governo”, e disparou: “se o governador quiser, que demita, como já vem fazendo”.

Sandra aproveitou para questionar João Azevedo sobre a demissão de sua irmã, Cilene Marrocos, da coordenadoria de recepção do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, na última sexta-feira (27). “Queria que o governador explicasse os motivos porque minha irmã exercia o cargo desde 2001 e desconheço qualquer atitude de sua parte que merecesse a exoneração. Acho melhor que o próprio João Azevedo responda”, afirmou a parlamentar socialista, ao ser abordada sobre a causa da demissão da ex-funcionária.

Apesar do questionamento ao governador, Sandra Marrocos não tem dúvida de que a demissão de sua irmã e de outros socialistas teve conotação política. A medida seria perseguição por estaremn ao lado do ex-governador e presidente da Comissão Provisória Estadal do PSB, Ricardo Coutinho.

Marrocos deixou claro que os aliados do ex-governador não entregarão os cargos que ocupam no Governo do Estado. “Deixe que ele (João) demita”, disparou.