Política

Ricardo evita falar de reaproximação com o PMDB e destaca ‘arrocho’ nas contas do estado

21 de novembro de 2016

ricardocoutinhoO governador Ricardo Coutinho (PSB) evitou falar sobre uma reaproximação com o PMDB após o encontro ocorrido entre ele e o presidente Michel Temer no último dia 16. Ao ser questionado sobre a possibilidade da legenda voltar a ser um parceiro político, o socialista foi direto: “Essa pergunta tem que ser feita ao PMDB, a mim não”.

Ricardo também falou sobre as medidas adotadas pelo governo para reduzir as despesas com a intenção de conseguir honrar os compromissos do estado. “Desde que eu entrei para governar a única coisa que tenho feito é arrochar, mas arrochar aquilo que pode ser arrochado. Aquilo que não deve ou não pode ser arrochado eu não faço”.

Ele acrescentou que a receita vem diminuindo a cada mês, enquanto o estado precisa pagar a folha, precatórios, duodécimo dos poderes, a dívida pública – que corresponde a mais de R$ 46 milhões por mês – e desenvolver o estado ao mesmo tempo. Mesmo assim, destacou que não fechou leitos de hospitais da Paraíba. “Pelo contrário, só ampliação. Na educação também. Eu corto aquilo que pode ser cortado, aquilo que, na ordem das escolhas, tem que fazer”, garantiu.