Opinião

Reforma de Romero e a opção Bruno Cunha Lima em Campina Grande

06 de abril de 2019

O jornalista Ivandro Oliveira, em escrito ao Tá na Área, analisa a reforma administrativa patrocinada pelo prefeito Romero Rodrigues, em Campina Grande, esta semana.

No artigo, Ivandro analisa  a que reforma administrativa anunciada pelo tucano Romero Rodrigues, em Campina Grande, não só oxigena a equipe que comanda, como deixa muito claro que tudo conspira a favor do jovem, talentoso e diferenciado Bruno Cunha Lima (sem partido), ex-deputado estadual.

Confira:

Reforma de Romero e a opção Bruno Cunha Lima em Campina Grande

Por Ivandro Oliveira

 

A reforma administrativa anunciada pelo tucano Romero Rodrigues, em Campina Grande, não só oxigena a equipe que comanda, como deixa muito claro que tudo conspira a favor do jovem, talentoso e diferenciado Bruno Cunha Lima (sem partido), ex-deputado estadual. Não só acerta Romero em trazê-lo para sua administração, como aponta da predileção do gestor por um quadro que pode e deve despontar como sucessor natural nas eleições do próximo ano.

Bruno Cunha Lima, que vai para a Chefia de Gabinete, foi o candidato a deputado federal mais votado em Campina na última eleição, recebendo 10% dos votos válidos, concorrendo com nomes com o deputado Pedro Cunha Lima, a ex-primeira dama do município Ana Claudia Vital do Rêgo, e o deputado Damião Feliciano, marido da vice-governadora Lígia Feliciano.

Neto do ex-senador Ivandro Cunha Lima, referência em hombridade e reconhecido como alguém acima do bem e do mal, Bruno foi um dos poucos parlamentares estaduais a orgulhar os paraibanos e paraibanas na legislatura passada, com um volume de trabalho bem acima dos demais pares. Com perfil conciliador, algo bem típico na trajetória do avô, a quem sempre recorre como norte e inspiração, Bruno tem mostrado que é possível fazer algo pela sociedade com ou sem mandato.

Ativista de causas sociais, foi um dos poucos candidatos do Brasil que recusou dinheiro público para fazer campanha em 2018. É um nome a ser trabalhado por Romero, daí a escolha do tucano para o ingresso do jovem político na sua esquipe de governo.

Ganha a cidade, que passa a contar com um gestor diferenciado na equipe de governo, mas, sobretudo, o prefeito Romero, que conquista a oportunidade singular de desenvolver todo o potencial de um nome qualificado e plenamente viável para sua própria sucessão, em 2020.