Política

PSB não toma conhecimento de recusa de membros e comissão interventora comandada por Ricardo é registrada na Justiça Eleitoral

11 de setembro de 2019

A intervenção promovida pelo PSB nacional no diretório paraibano, a pedido do ex-governador Ricardo Coutinho ganhou mais um capítulo intrigante. É que a comissão interventora comandada pelo ex-governador, mesmo com quatro dos sete membros declaradamente contrários a participação, foi oficializada no começo da noite desta quarta-feira, 11.

O encaminhamento da direção nacional do partido está registrado na Justiça Eleitoral, conforme certidão emitida. Sem levar em consideração a recusa pública de participação dos quatro integrantes, isto é, quase 60% da composição, o partido não tomou conhecimento e efetivou o processo.

Além do governador João Azevedo, declinaram da participação o senador Veneziano Vital, o presidente destituído Edvaldo Rosas e a secretária de Políticas para as Mulheres, Valquíria Alencar. Carlos Siqueira, presidente do partido, ignorou o princípio que ele mesmo consagrou como argumento para a dissolução do diretório da Paraíba: a renúncia da maioria.