Política

Operação Calvário: Livânia teria entregue em novo depoimento desvios milionários no Detran e na Cinep

14 de junho de 2019

O programa Intrometidos, exibido pelo youtube e com participações dos jornalistas Helder Moura, Marcelo José, Janildo Silva e do advogado Gilvan Freira, ontem, trouxe informações extraoficiais que apontariam para um grande esquema de corrupção que teria sido entregue em nova delação da ex-secretária dos governos Ricardo Coutinho e João Azevedo, ambos do PSB, Livânia Farias. De acordo com o programa, Livânia teria entregue um esquema de propinas no Detran e na Cinep.

No caso do Detran, relata Helder Moura, “além de envolver parentes próximos de figurões do Estado, o caso envolveria a contratação de empresas de forma irregular e ao arrepio da legislação e contra orientação do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).”

Na Cinep, por outro lado, destacou o programa, o esquema se reportaria à concessão graciosa de terrenos públicos, em parceria com agentes públicos, que, na verdade, seriam parceiros de fraudes com recursos públicos. Até onde o Blog pode apurar, as investigações da força tarefa já teriam avançado o suficiente para constatar a extensão das revelações de Livânia. Os desvios seriam milionários, conforme as primeiras informações.

O caso ainda se refere à Operação Calvário 4. De acordo com as revelações, Livânia não teria acesso direto ao esquema do Detran. Haveriam outros “operadores qualificados para tocar as operações”. Livânia, pelo visto, estava circunscrita aos contratos com organizações sociais da Saúde e Educação.

As últimas revelações de Livânia foram debatidas, na noite dessa quinta (dia 13), no programa Intrometidos. Confira: