Política

Mulher de ex-governador ironiza deputado sobre compra de lustres por Gervásio Maia: “Bom dia alegria! Sextou hein!”  

04 de outubro de 2019

Em meio a um possível pedido de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a reforma da Assembleia Legislativa da Paraíba na gestão do então presidente Gervásio Maia, hoje deputado federal pelo PSB, inclusive com a suspeita de que os lustres adquiridos numa loja que teria como sócia a atual companheira do ex-governador Ricardo Coutinho, Amanda Rodrigues, parece não ter provocado qualquer desconforto na ex-titular das Finanças do governo estadual. Pelas redes sociais, Amanda ironizou com a seguinte frase: “adoro fofocas sobre mim, fico sabendo de coisas que nem eu sabia que tinha feito!”

Na mesma postagem, em tom de indiferença, acrescentou: “Bom dia alegria! Sextou hein!”

Pelo visto, Amanda Rodrigues não levou nem um pouco a sério o que denunciou o deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas). Segundo ele, cada um dos itens teria sido adquirido por R$ 500 mil na gestão de Gervásio Maia (PSB). O nome de Amanda surgiu em meio à controvérsia porque, segundo Wallber, os lustres teriam sido comprados na loja da mulher de um político que ele descreveu como “o mais honesto do mundo”.

Nas redes sociais, circulou o contrato social de uma loja de materiais de iluminação da qual Amanda seria sócia.

Por causa da postagem de Wallber Virgolino, o deputado federal Gervásio Maia desafiou-o a provar que os lustres teriam sido comprados pelo valor citado pelo estadual sob pena de renunciar ao mandato. Wallber disse que não aceitava o desafio porque não era deputado à época da reforma e que competiria ao ex-presidente provar que não houve superfaturamento na obra.