Política

Luciano Cartaxo destaca gestão equilibrada e diz que boicote a LOA é não permitir que João Pessoa continue crescendo

28 de dezembro de 2017

O prefeito lembrou que apesar da crise econômica vivida pelo país, a cidade de João Pessoa encerra mais um ano com todas as suas obrigações financeiras em dia.

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) disse nesta quinta-feira (28), durante solenidade de entrega do prêmio ‘Escola Nota 10’ e o pagamento do 14º salário dos profissionais da educação, no Centro Cultural Tenente Lucena, em Mangabeira,  que os resultados alcançados por sua administração ao longo do ano são fruto de uma gestão equilibrada e focada em melhorar a vida das pessoas. Cartaxo destacou que a aprovação pela Câmara Municipal da Lei Orçamentária Anual (LOA), mesmo com a tentativa de boicote da oposição, permitirá que a Capital paraibana “continue no mesmo ritmo de trabalho, com foco na justiça social, melhoria de áreas prioritárias como saúde, educação, infraestrutura, habitação e na qualidade de vida das pessoas”.

O prefeito lembrou que apesar da crise econômica vivida pelo país, a cidade de João Pessoa encerra mais um ano com todas as suas obrigações financeiras em dia. “Não é à toa que estamos chegando ao final de mais um ano com todas as folhas de pagamento em dia, servidor recebendo dentro do mês trabalhado, com décimo terceiro pago e hoje mesmo pagando o décimo quarto salário da educação. Então, a Prefeitura de João Pessoa fez o dever de casa, fez a sua parte, controlou os gastos e continua fazendo investimentos importantes na cidade, e a Lei Orçamentária vai permitir que a gente continue no mesmo caminho, valorizando os servidores e investindo na cidade”, garantiu.

Na solenidade que premiou as escolas mais bem avaliadas pela gestão municipal e anunciou o pagamento do 14º salário dos profissionais da educação, Luciano Cartaxo reforçou o compromisso de sua administração com a educação a partir da própria valorização dos professores e demais profissionais. “Estamos cumprindo um compromisso firmado com os professores, premiando mais de 8 mil profissionais, que alcançaram o Índice de Excelência em Educação. Esse é mais um estímulo para que venham resultados ainda melhores, recompensando a dedicação e o trabalho em equipe”, disse o prefeito.

De acordo com o prefeito, com o pagamento do 14º salário da educação e as premiações em áreas estratégicas, como o Prêmio de Qualidade da Saúde e o Escola Nota 10, em um intervalo de aproximadamente 30 dias, a Prefeitura de João Pessoa ultrapassa a marca de R$ 204 milhões injetados na economia da Capital.

 

 

Fotos: Dayse Euzébio / SECOM-JP