Política

Juíza proíbe vereador preso suspeito de pistolagem de tomar posse em Catolé do Rocha

20 de dezembro de 2016

bira_rocha_diplomado_vereadorA Justiça proibiu Ubiraci Rocha (PPS), vereador eleito no município de Catolé do Rocha preso por suspeita de pistolagem, de tomar posse no dia 1 de janeiro de 2017. A decisão da juíza Lílian Franssinetti Cananea também veta a participação do prisioneiro na eleição para a escolha da Mesa Diretora da Câmara.

Segundo a juíza, Bira como é conhecido popularmente, ainda pode solicitar aos advogados de defesa um requerimento junto a Justiça Eleitoral para tomar posse em um momento posterior.

Ubiraci foi diplomado na última quinta-feira (15) por meio de procuração. Ele está preso provisoriamente desde maio deste ano, precisou de autorização judicial e escolta para ir votar.  O vereador recebeu 948 dos 17.478 votos válidos no município.

O vereador eleito segue preso no Presídio Padrão Manoel Gomes, em Catolé do Rocha. O suspeito foi preso no dia 9 de maio, em uma operação do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Militar da Paraíba, realizando transações bancárias em uma agência de João Pessoa.