Política

Gervásio participa de homenagem ao ministro Herman Benjamin em Recife

31 de março de 2017

gervasio-benjaminO presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado estadual Gervásio Maia, participou nesta quinta-feira (30), da entrega da mais alta condecoração do TRF/5ª ao ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Herman Benjamin. A homenagem, que também contou com a presença do deputado João Gonçalves, aconteceu na solenidade que marcou os 28 anos do TRF/5ª e foi concedida também ao desembargador decano do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Jones Figuerêdo e a desembargadora decana do TRT/6ª, Eneida Melo Correia de Araújo.

O evento aconteceu na sala de sessões da sede do tribunal, no Cais do Apolo e foi presidido pelo desembargador Rogério Fialho. A Medalha da Ordem do Mérito Pontes de Miranda homenageia, a cada ano, três personalidades que tenham prestado relevantes serviços à Justiça Federal.

Para Gervásio, a homenagem ao ministro Herman Benjamin referenda o reconhecimento por uma carreira pautada pela ética. “O ministro sempre serviu com honradez à sociedade brasileira em todos os cargos que ocupou ao longo da sua trajetória”, ressaltou o presidente da Assembleia.

“A homenagem transfiro aos sertanejos. Cresci ouvindo que o nordestino dos semiárido, do Sertão e do Cariri é um valente, pois conseguia resistir as intemperanças da natureza. Na ver-dade, muitos foram obrigados a fugir, outros tantos morreram, crianças e idosos especial-mente. Não pela seca em si, um fenômeno natural, mas pela seca de solidariedade, de justiça e de probidade dos governantes. Neste caso, foi a falta de humanidade, em vez da falta de chuva e água”, afirmou o ministro do STJ.

Nascido em Catolé do Rocha (PB), o ministro Herman Benjamin formou-se em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Finalizou o mestrado pela University of Illinois College of Law, em 1987. Foi membro do Ministério Público do Estado de São Paulo, promotor e procurador de Justiça. É ministro do STJ desde 6 de setembro de 2006. O ministro Herman Benjamin atua também como professor universitário desde 1983.