Política

Ex-primeira dama faz discurso duro em protesto contra corrupção e dispara: “corja de demônios comanda a Paraíba”

08 de abril de 2019

Na mobilização contra a corrupção e em protesto as últimas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), promovida por segmentos sociais ligados ideologicamente ao campo mais à direita, chamou atenção o discurso inflamado da ex-primeira dama Pâmela Bório. Em vídeo captado durante o protesto ocorrido ontem, na orla marítima da Capital, a suplente de deputada federal disse que uma “corja de demônios” comanda a Paraíba e cobrou justiça para o caso Bruno Ernesto, assassinado em 2012, num crime ainda sem elucidação no que diz respeito aos motivos.

Pâmela Bório ainda cobrou que as autoridades aprofundem as investigações da Operação Calvário, deflagrada pelo Ministério Público nos estados do Rio de Janeiro e Paraíba, que identificou organização criminosa responsável por desvio de recursos da saúde pública, através de contratos com a Organização Social Cruz Vermelha e que culminou na prisão de toda a cúpula da organização, como também da ex-secretária de estado, Livânia Farias (Administração) e o assessor Leandro Azevedo (já em liberdade monitorada).

Confira o vídeo:

Um dos organizadores do movimento, o ativista político e social, Maurício Renato, ressaltou o caráter democrático e sem quaisquer amarras dos participantes. “Esse foi mais um movimento promovido por pessoas livres, empresários, profissionais liberais e trabalhadores que amam a Paraíba e o Brasil” e acrescentou: “nossa luta é pelo fim das práticas de corrupção, pelo livre emprego, menos impostos, menos Estado e mais liberdade para empreender e investir na nossa economia”.

 

Com Blog do Janildo