Política

Em Brasília ,Luciano Cartaxo pleiteia recursos de R$ 100 milhões para investimentos em pavimentação, educação e mobilidade urbana

08 de outubro de 2019

Durante audiência em Brasília junto à bancada federal paraibana nesta terça-feira (8), o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo apresentou projetos nas áreas de pavimentação, educação e mobilidade urbana, e pediu apoio aos parlamentares para conseguir recursos na ordem de R$ 100 milhões para os investimentos. Luciano apresentou os projetos do programa Mais Pavimentação, a construção de mais dois Centros de Educação Integrada (CEI) e o Terminal de Integração de Mangabeira.

Para o Programa Mais Pavimentação, que já está com obras em todas as regiões da cidade, melhorando a infraestrutura urbana e levando além do calçamento, a drenagem e calçadas padronizadas, o gestor da Capital busca recursos na ordem de R$ 50 milhões. “Essa é uma busca legítima de recursos para que possamos implementar projetos em nossas cidades. Com o Mais Pavimentação estamos atendendo a demandas históricas, principalmente para as pessoas que moram nas regiões mais afastadas do Centro de nossa cidade e queremos dar prosseguimento ao programa”, afirmou Luciano Cartaxo.

Na área da Educação, o prefeito lembrou que a cidade vem construindo uma grande rede de educação infantil e de escolas em Tempo Integral e reivindicou recursos para serem aplicados na construção de mais dois Centros de Educação Integrada. O primeiro está em obras avançadas no bairro de Mangabeira e vai permitir a união de todas as oito escolas de Ensino Fundamental do bairro com atividades educacionais, esportivas e culturais no contra-turno das aulas. Para os dois CEI, o investimento será de R$ 30 milhões.

Para a área da mobilidade urbana, o prefeito destacou a importância de a cidade ter uma rede integrada de terminais de integração. “No ano passado fomos atendidos para o Terminal de Integração Metropolitano e estamos fazendo com recursos próprios o da Zona Sul no Valentina. Solicitamos recursos para o Terminal de Integração de Mangabeira, que passa a ser fundamental para termos esta política integrada de mobilidade urbana com terminais levando em conta a importância do transporte público coletivo para as pessoas”, destacou.