Política

Doação de motobombas pelo governo de SP não é uma ação eleitoreira, garante Alckmin

28 de dezembro de 2016

alckminO governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), em entrevista ao Programa Correio Debate, da Rádio 98FM, desta terça-feira (27), disse que o empréstimo de motobombas que viabilizará a antecipação da chegada da água da transposição pelo governo de São Paulo, seria feito independente de candidatura futura. O tucano garantiu que não há interesses eleitoreiros no gesto, mas de retribuição ao povo nordestino como um todo. Alckmin pode ser candidato a presidente da República em 2018.

“É no mínimo uma retribuição a todos os nordestinos – paraibanos, pernambucanos – pelo que  fizeram em benefício da cidade de São Paulo. Eles são construtores do que hoje é a terceira maior cidade do mundo. Portanto, é uma retribuição e um dever, porque o Brasil é uma república federativa e uma federação deve ajudar a outra”, disse o tucano em resposta às especulações sobre a tentativa de aproximação com o Nordeste com vistas as eleições presidenciais.

Alckmin afirmou que espera um espaço na agenda para visitar as obras da transposição, dada a “extrema relevância” que ela tem e defende o estudo para uma possível transposição do Tocantins. “É isso que o mundo faz hoje, a tendência da energia do mundo é ficar mais barata, em razão da energia sola, eólica, renovável. Então com a energia mais barata você pode fazer transposições, levar água para municípios mais distantes e com isso promover o desenvolvimento regional”, disse.