Política

Colunista da Veja diz que Moro saiu maior da CCJ da Câmara e tacha Gervásio Maia e outros deputados de artistas mambembes

03 de julho de 2019

A jornalista Dora Kramer, cujo texto é considerado como um dos melhores da imprensa nacional, avaliou que o ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança) saiu ainda maior, ontem, durante participação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados. Além disso, Dora realçou que parlamentares, como o paraibano Gervásio Maia (PSB), que teria prometido partir com tudo contra o ministro, “perderam ao promover um espetáculo mambembe, inútil para o desdobramento do caso em si e, sobretudo, deletério para um Congresso que busca sua recuperação junto à opinião pública sendo mais ativo, autônomo e sensível às demandas da sociedade.”

Confira a nota de Dora replicada em O Antagonista:

Só Sergio Moro saiu ganhando com a farsa lulista na CCJ, segundo Dora Kramer

“Para Moro, afora a perda de tempo e de mais um dia de trabalho, foi um ganho. Ganhou na manutenção da fleuma em comparação ao destempero geral, teve a oportunidade de dizer umas verdades a gente cuja cobrança por condutas éticas é no mínimo questionável e saiu ileso no tocante a esclarecimentos devidos a respeito da natureza dos diálogos com procuradores.

Já os deputados perderam ao promover um espetáculo mambembe, inútil para o desdobramento do caso em si e, sobretudo, deletério para um Congresso que busca sua recuperação junto à opinião pública sendo mais ativo, autônomo e sensível às demandas da sociedade.”