Paraíba

Cooperação entre ministérios marca encontro de Sérgio’s Moro e Queiroz em Brasília

11 de setembro de 2019

A assinatura de um Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (Departamento da Polícia Rodoviária Federal) objetivando, dentre outras coisas, promover a cooperação mútua para o combate à exploração sexual, ao trabalho escravo e ao tráfico de pessoas marcou o encontro público de dois Sérgio’s, o Moro, ministro, e o Queiroz, paraibano titular da Secretaria Nacional de Proteção Global. Dois personagens ilustres, sendo o primeiro, por tudo que fez à frente da maior operação de combate à corrupção, a Lava Jato; e o segundo, pela relevância do trabalho que projetou a igreja e a fundação Cidade Viva para o país.

Pelas redes sociais, o paraibano publicou que “na tarde de hoje, participei da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (Departamento da Polícia Rodoviária Federal) objetivando, dentre outras coisas, promover a cooperação mútua para o combate à exploração sexual, ao trabalho escravo e ao tráfico de pessoas, pautas afetas à Secretaria Nacional de Proteção Global @protecaoglobalbrasil. A Polícia Rodoviária Federal é uma instituição que honra o Brasil e essa parceria preservará muitas vidas de violações. Compuseram a mesa, o Diretor do DPRF, Adriano Furtado, o Ministro Sérgio Moro, a Ministra @damaresalvesoficial1 e o Secretário Nacional de Proteção Global. #direitoshumanosparatodos

View this post on Instagram

Na tarde de hoje, participei da assinatura do Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (Departamento da Polícia Rodoviária Federal) objetivando, dentre outras coisas, promover a cooperação mútua para o combate à exploração sexual, ao trabalho escravo e ao tráfico de pessoas, pautas afetas à Secretaria Nacional de Proteção Global @protecaoglobalbrasil. A Polícia Rodoviária Federal é uma instituição que honra o Brasil e essa parceria preservará muitas vidas de violações. Compuseram a mesa, o Diretor do DPRF, Adriano Furtado, o Ministro Sérgio Moro, a Ministra @damaresalvesoficial1 e o Secretário Nacional de Proteção Global. #direitoshumanosparatodos

A post shared by Sérgio Queiroz (@sergioqueirozoficial) on

Uma das questões da cooperação entre os ministérios é a ampliação do projeto mapear, que é um projeto antigo da PRF, que faz um mapeamento nas estradas para a prevenção da exploração sexual de crianças e adolescentes. “O Mapear vai ser ampliado a outras vulnerabilidades, para coibir o tráfico de pessoas em áreas suspeitas, lugar de coptação de trabalho escravo”, informou o paraibano Sérgio Queiroz.

Outro avanço proporcionado por esse pacto é permitir que os policiais rodoviários federais tenham acesso privilegiado no disque 100 e no disque 180 quando forem denunciar violações de Direitos Humanos. O evento para a assinatura do acordo aconteceu no auditório do Ministério da Família, Mulher e Direitos Humanos.