Esporte

Morre jogador do Avaí de 20 anos que enfrentava tumor no cérebro

21 de dezembro de 2017

O jogador Renan Pereira, mais conhecido como Renanzinho, volante do Avaí, morreu aos 20 anos de idade, nesta quinta-feira, 21, em Florianópolis. O atleta lutava contra um tumor no cérebro há dois anos.

Logo aos 17 anos, Renan se firmou como titular do Avaí. Em 2016, após ser diagnosticado, afastou-se do futebol. Em agosto deste ano, o Avaí havia disponibilizado R$ 200 mil para ajudar a família do atleta, além de pagar o auxílio-doença.

Em dois anos como atleta profissional, Renanzinho jogou 31 partidas e anotou um gol pelo Avaí.

Istoé