Economia

País fecha 12,3 mil vagas formais em novembro; Paraíba ganha mais de mil postos de trabalho

27 de dezembro de 2017

No mês em que a reforma trabalhista entrou em vigor, o Brasil registrou mais demissões do que contratações e o saldo ficou negativo em 12,3 mil vagas. A Paraíba, no entanto, ganhou 1.256 postos de emprego em novembro de 2017.

A taxa não era positiva desde novembro de 2014, quando foram gerados 2.448 postos de trabalho. Já em 2015 e em 2016 o saldo foi negativo, tendo perdido 93 e 347 vagas, respectivamente. Os dados constam no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O setor que teve mais ganhos foi o do comércio, com 868 novos postos. Em seguida veio o setor de Serviços (490) e Indústria e Transformação (264). Em contrapartida, a área da construção civil perdeu 346 postos, seguida pela agropecuária, com a perda de 22 vagas.

O Brasil teve resultado negativo em novembro, com uma redução de 12.292 vagas, variação negativa de 0,03% em relação ao estoque do mês anterior. Foram 1.111.798 admissões contra 1.124.096 demissões no mês passado.