Cotidiano

Semob-JP realiza 62 ações educativas no terceiro trimestre de 2019

22 de outubro de 2019

A Superintendencia Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) continua sua agenda de campanhas educativas nas ruas e instituições da Capital na promoção de um trânsito mais seguro. Nos meses de julho, agosto e setembro foram 62 atividades em instituições educacionais, igrejas, empresas e nas ruas da cidade.

Segundo a chefe da Educação para o Trânsito, Gilmara Branquinho, essas ações são realizadas durante todo o ano e visa abordar crianças e adultos para serem multiplicadores de boas ações no trânsito. “Vamos continuar nossa agenda de atividades de acordo com a demanda de solicitações e das campanhas pontuais e contínuas”, afirmou.

No total, 18 escolas e faculdades foram visitadas, além de cinco empresas e órgãos e quatro igrejas. Nas ruas, o foco foram as faixas de pedestre e atividades com ciclistas, além da atuação em pontos que passaram por mudanças no esquema de trânsito.

A equipe de Educação para o Trânsito ainda participou de ações conjuntas, 13 palestras e eventos e estandes e comandos educativos, onde foram apresentados teatro de bonecos, exposições de material e jogos educativos.

Em junho foram comemorados os dias do motorista e motociclista, nos dias 25 e 27, respectivamente, com abordagens e distribuição de material educativo. No dia 8 de agosto foi celebrado o Dia do Pedestre, com destaque para o inicio da campanha ‘Amando o Próximo no Trânsito’, que teve a finalidade de visitar instituições religiosas nos horários dos cultos para orientar os fiéis no sentido de buscar um trânsito mais humanizado.

Entre os dias 18 e 25 de setembro, foram realizadas ações em alusão à Semana Nacional do Trânsito com atividades no Parque da Bica com o objetivo de conscientizar motoristas, ciclistas e pedestres por um trânsito mais seguro. E também houve o lançamento do projeto ‘Agentes Mirins’ que capacita estudantes das escolas municipais, visando a participação de toda a comunidade escolar.

Para solicitar uma ação, a instituição deve encaminhar um ofício à Semob de acordo com a necessidade do solicitante, para que seja feito o contato e o agendamento.