Cotidiano

Frei Anastácio diz que protestos mostram que o Brasil acordou para pesadelo do governo Bolsonaro

15 de maio de 2019

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) disse hoje, em Brasília, durante a paralisação nacional contra os cortes no orçamento das Universidades e Institutos Federais de Educação (IFS) que “o Brasil acordou para o pesadelo que vive com o governo Bolsonaro. As multidões nas ruas, nesta quarta-feira (15), mostraram isso”, disse o deputado.

Frei Anastácio acrescentou que em vez de respeitar a presença do povo nas ruas, Bolsonaro chamou todos os manifestantes de “idiotas úteis”. “Ora, diante de uma citação como esta é possível saber quem é o idiota. O povo acordou e as ruas são o melhor palco para o exercício livre da democracia”, disse o deputado.

Frei Anastácio elogiou as manifestações ocorridas em todo o Brasil e, especialmente, as ocorridas na Paraíba. “Deixo aqui os meus parabéns à comunidade acadêmica da Universidade Federal da Paraíba e à população, pelo protesto realizado nesta quarta-feira. Um protesto muito justo contra o corte de 30% no orçamento da UFPB e dos Institutos Federais de Educação”, disse.

Importância da UFPB

O deputado registrou alguns dados sobre a importância da  UFPB para a população. “A Universidade Federal da Paraíba tem 128 cursos de graduação. É a quarta melhor universidade do Nordeste. A tecnologia da TV digital foi criada pela UFPB. A UFPB criou também o aplicativo  Vlibras que beneficia a comunidade de pessoas surdas, facilitando a comunicação”, afirmou.

O parlamentar relatou ainda que a UFPB tem 2.862 professores. Desse total, 75% possuem doutorado. A Instituição tem 31 convênios internacionais. Emprega 1.240 pessoas terceirizadas, em todos os setores. Só em 2018, os Hospitais Universitários da UFPB realizaram 339 mil internações, 232 mil cirurgias e 1.398 transplantes. “As comunidades se beneficiam com 1.100 ações promovidas pela UFPB. Entre elas, estão atendimento psicológico, cursos pré-Enem e os atendimentos dos hospitais universitários. Essas são algumas das ações dessa instituição, sem falar sobre a grande importância dos IFS e das pessoas que conquistaram cidadania através dos cursos concluídos nas instituições”, afirmou o deputado.