Brasil

Uma pessoa morre em queda de avião em pista de resort de luxo na Bahia

15 de novembro de 2019

Aeronave cai durante pouso em pista de resort e pega fogo na Bahia — Foto: Dudu Face/Camamu Noticias

Um jatinho caiu durante o pouso na pista de um resort de luxo no distrito de Barra Grande, Município de Maraú, no sul da Bahia e deixou um morto e oito feridos, entre eles uma criança.

O acidente aconteceu por volta das 14h desta quinta-feira (14). De acordo com a Prefeitura de Maraú e da Polícia Militar, uma pessoa morreu e os demais foram socorridos para um posto de saúde em Barra Grande.

Os passageiros tinham partido de Jundiaí, na Grande São Paulo, para um casamento e depois iria aproveitar o fim de semana prolongado de 15 de novembro na região, um dos principais destinos turísticos do Estado.

Logo após a queda, os passageiros conseguiram sair correndo antes de o fogo tomar conta da aeronave, mas uma pessoa ficou presa nos destroços e morreu.

O avião pertence ao empresário José João Abdalla Filho. Identificado como um bimotor Cessna Aircraft modelo 550, de matrícula PTLTJ, o avião é de fabricação da década de 1980.

A vítima fatal foi identificada como Marcela Brandão Elias, que era jornalista e relações públicas. Ela também era cunhada de Eduardo Mussi, irmão do deputado federal Guilherme Mussi (PP-SP).  Eduardo e a irmã de Marcela, Maisa, também estavam no bimotor. Entre os sobreviventes, também está o ex-piloto de Stock Car, Tuka Rocha, de 36 anos.

Cinco dos feridos foram encaminhados para o Hospital Geral do Estado (HGE), único em Salvador com ala específica para queimados. Conforme o médico do HGE, Ivan Paiva, o estado dos pacientes é sério, pois apresentam lesões extensas, e deverão ser sedados.

Redação com Estadão