Brasil

MONITORLEG : Monitoramento web eleição Amazonas

01 de agosto de 2017

ELEITOR-URNARelatório das empresas Monitorleg/Ativaweb, especializadas no monitoramento e análise política das redes sociais, acompanhou o ativismo e a evolução dos fãs dos candidatos ao governo do Amazonas no período de 25 de junho a 23 de julho dos pontos de vista quantitativo e qualitativo.  Quatro aspectos foram objeto de acompanhamento: a) a quantidade de fãs, b) o crescimento do número de fãs, c) o ativismo ou postagens na rede, d) as interações em grupo de 1.000 fãs, e e) o engajamento desses grupos.

Em termos quantitativos, os dados revelam que Eduardo Braga é, de longe, o candidato com o maior número de fãs/seguidores, algo como 300 mil, seguido de Rebecca Garcia, com 32 mil, e José Ricardo, com próximo de 17 mil. Em último lugar está o candidato Amazonino Mendes, com 5 mil.

Quando se analisa o crescimento absoluto do movimento nas redes sociais no período, considerando a soma de perdas e ganhos do total de fãs de cada página dos candidatos, a Monitorleg/Ativaweb constatou que Amazonino Mendes foi o que mais cresceu, tendo a candidata Rebecca Garcia mantido o mesmo patamar, com queda moderada de José Ricardo e queda acentuada de Eduardo Braga.

No quesito crescimento relativo, que considera as perdas e ganhos dividido pelo total de fãs de cada candidato, Amazonino é o que mais cresce, porém, intensidade do que no crescimento absoluto, seguido de tímido crescimento de Rebecca e de José Ricardo. Eduardo Braga é o único que cai nesse quesito, embora com uma queda moderada.

Para o critério postagem ou ativismo na rede, entretanto, a equipe de candidato José Ricardo dispara, seguida da de Amazonino, que aumentou o número de postes e as de Eduardo Braga e Rebecca, que mantêm um ritmo mais lento de postagem frente aos outros dois concorrentes.

No quesito engajamento, medido pelo número de interações, a partir de compartilhamento de cada página, Eduardo Braga é imbatível, embora Amazonino venha crescendo. José Ricardo e Rebecca possuem baixo engajamento por este critério.

Já no engajamento, medido pela intensidade de compartilhamento, comentários e reações dos grupos de mil fãs, Amazonino lidera, seguido de José Ricardo e Rebecca.  Nesse critério, Eduardo Braga fica em último lugar, porém há de se considerar que o número de fã dele é dez vezes maior do que o da segunda colocada, Rebeca, dezoito vezes maior do que o terceiro colocado, e quase sessenta vezes o quarto colocado, Amazonino.

Resumidamente, pode-se afirmar, com base nas informações disponíveis, que:

1 – Eduardo Braga continua obtendo o maior volume de menções e seguidores durante o mesmo de junho, embora tenha perdido algo como 12% em número de menções e esteja com tendência de queda.

2 – O candidato Amazonino Mendes, principal adversário de Eduardo Braga, vem crescendo nas redes, embora ainda tenha um número pequeno de fãs e seguidores em comparação com Eduardo Braga. O crescimento do envolvimento das pessoas, via web, na campanha de Amazonino tem crescido.

3 – Os outros dois candidatos não ameaçam. José Ricardo teve crescimento no número de postes e Rebecca Garcia foi a que mais perdeu apoio nesse período.

4 – A campanha, a julgar pelas manifestações na web e pelo resultado das pesquisaS de opinião, ficará polarizada entre Eduardo Braga e Amazonino Mendes, dois ex-governadores do Estado. Há no momento uma inversão de tendência nas redes sociais. Enquanto Amazonino cresce, Eduardo Braga cai. O ritmo desse movimento é que vai ditar o resultado da eleição no primeiro turno ou se terá segundo turno entre os dois.

 

Registre-se que as redes sociais ou a web, por si só, não garante a eleição, mas é uma ferramenta que, se bem utilizada, com a divulgação de vídeos e transmissão ao vivo, pode fazer a diferença, mesmo num Estado em que boa parte de sua população e do eleitorado fica em cidades menores, do interior do Estado.

 

 

Brasília, 28 de julho de 2017.

Antônio Augusto Queiroz
Jornalista, Analista Político e Consultor Monitorleg